23 de junho de 2013

Sobre as Manifestações Populares. #VemPraRua



Confesso que me surpreendi quando em um e-mail do meu tio, um Frei da Ordem Dominicana, tinha como anexo um vídeo do PC Siqueira...
Não que eu discorde totalmente das idéias de base pelas quais meu tio tanto lutou sua vida toda, pelo contrário, já participei e constantemente ainda participo de vários encontros cuja temática principal é a igualdade social e a luta pelos excluídos.
O que não concordo é que o esforço de uma vida inteira de alguns para construir algo digno para sua família seja aproveitado por partidos políticos (sejam eles quais forem) para manipular com o nosso dinheiro pessoas que se acomodam com os benefícios recebidos de programas sociais e nem sequer procuram conquistar seus objetivos por méritos próprios.
Muitos vão dizer que falo isso porque não sei o que é depender de programas sociais para viver. E é a mais pura verdade. Não tenho mesmo ideia do que é depender somente do governo para sobreviver. Minha mãe criou duas filhas sozinhas com um salário de empregada doméstica, para complementar a renda tinha que passar roupa na casa de outras pessoas durante a noite. Ela até chegou a ser beneficiária durante UM TEMPO do programa que na época se chamava Bolsa Escola, mas hoje depois de muito suor e trabalho, depois de nos passar a importância de se trabalhar para conquistarmos nossos objetivos, nossa família tem uma vida boa. Graças ao esforço e perseverança da minha mãe (que nunca nem sequer permitiu que eu minha irmã estudássemos a noite, mas que nem por isso não deixou de nos incentivar a trabalhar como babá a partir dos doze anos de idade) somos duas mulheres que aprenderam o valor do trabalho e hoje posso dizer que conquistei muitos sonhos através do meu esforço (inclusive a compra de uma casa, através do programa Minha Casa Minha Vida) e que com certeza através de mais estudo e trabalho árduo conseguirei passar em um cargo público melhor do que o cargo também público ao qual exerço hoje!

Mudando um pouco o foco, acredito totalmente na ideologia dos manifestantes que devemos lutar sem nos apegarmos a partidos políticos. A nossa luta deve demonstrar que nossa insatisfação não é somente com a Dilma ou o PT, mas sim como a grande maioria da classe política que nos faz de palhaços à décadas. O simples fato de milhares de pessoas que se dizem apartidárias saírem às ruas deverá fazer com que o mundo perceba que o Brasil precisa de atenção para sanar problemas muto mais importantes do que o futebol ou o carnaval, isso tudo exigindo que TODOS os partidos políticos assumam de vez o compromisso de governar para aqueles que lhes deram o poder e não para eles mesmos. Que os atos da classe política devam ser encarados como obrigações a serem realizadas e não favores ao povo brasileiro.

A mídia influencia alguns? É claro que influencia... Pessoas sem educação adequada são alvos propícios à manipulação e não somente pela mídia, mas também por políticos aproveitadores, por grandes empresários, por líderes religiosos, etc.
Não somos um milhão de brasileiros FELIZES nas ruas, muito pelo contrário fomos às ruas para manifestar nossa enorme insatisfação com a administração, na verdade acredito ser injusto utilizar esse termo mas enfim, o brasileiro que vê seu dinheiro literalmente indo pelo ralo através de obras superfaturadas e salários escandalosos de políticos está totalmente revoltado com que o vem acontecendo. 
Enquanto milhares sofrem com a seca e fome no Nordeste, políticos se utilizam do sofrimento do povo para se elegerem e ficarem ricos às custas das mortes dos seus eleitores! E não são somente políticos de um ou outro partido que participam desses assassinatos, são políticos pertencentes à todas as denominações partidárias, então porque seria injusto nós não querermos que levantem a bandeira de representantes que contribuem para a injustiça social no nosso país? Injusto é uma pessoa não conseguir crescer através de seus próprios méritos, seja por falta de oportunidades ou acomodação.

E tudo isso se resume à: FALTA DE INVESTIMENTO EM EDUCAÇÃO. POVO EDUCADO É POVO PENSANTE, POVO PENSANTE ATRAPALHA OS PLANOS DE QUEM QUER ROUBAR O POVO!