31 de agosto de 2013

Resenha Minha Mãe é uma Peça



Ficha Técnica
Título: Minha Mãe é uma Peça
Direção: André Pellenz
Elenco: Paulo Gustavo, Ingrid Guimarães, Herson Capri
Ano: 2013
Gênero: Comédia





Quando Dona Hermínia (Paulo Gustavo) resolve sair de casa sem avisar após ouvir os filhos falarem mal dela, os mesmos passam a ter que se virar sozinhos.
Minha mãe é uma peça mostra com perfeição a realidade da maioria das famílias brasileiras. Durante as cenas e, que Dona Hermínia conta à tia vários dos acontecimentos passados da família, pude fazer paralelos com minha própria família, com o jeito de ser de Dona Nadir, minha amada mãe.
Paulo Gustavo torna essa comédia hilariante perfeita, encarna a mãe super protetora com maestria e juntamente com o os demais atores do elenco faz com que nos emocionemos com as enas que correspondem perfeitamente à realidade.
Essa deliciosa comédia brasileira não fica atrás de nenhuma estrangeira, é até melhor do que muitas comédias bobas que estraram nos últimos anos.
Por fim, tem dois assuntos que gostaria de comentar. Embora o filme aborde temas polêmicos omo obesidade e homossexualidade, eles são tratados da forma mais real possível, além de muito humor, é claro. A película nos passa a sensação de que perdemos muito do nosso tempo ao nos precoupar om coisas que são triviais se compararmos com o que realmente é importante: o amor e união incondicional de uma família, seja ela composta por parentes consanguíneos ou não.